Alterações na Politica do Instagram

0

O Instagram anunciou na passada sexta feira que iria poder vender as fotografias dos seus usuários. basicamente tudo começou com uma actualização da politica de privacidade e dos termos de utilização onde o Instagram dava a si mesmo o direito de vender fotografias dos usuários para os mais diversos fins comerciais, isto sem que exista qualquer verba paga aos autores das fotografias. No fundo o Instagram passaria a ser um banco de imagens com totais direitos comerciais sobre as fotografias dos seus utilizadores. Dois dias depois os responsáveis vêm pedir desculpa e dizer que os utilizadores não entenderam.

instagram Alterações na Politica do Instagram

Estas alterações foram feitas dois dias depois do Facebook ter anunciado mudanças na sua politica de utilização de dados dos utilizadores, que incluia o compartilhamento de dados entre ambas as empresas, recordemos que o Facebook comprou o Instagram em Abril deste ano pela quantia de um bilião de dólares (mais de 700 milhões de euros). Era lógico que uma maior integração entre as duas empresas seria inevitável.

No entanto, dois dias depois do anuncio de comercialização de fotografias o Instagram dá o dito por não dito e vem colocar agua na fervura dos utilizadores que não gostaram de ouvir que as suas fotografias poderiam ser usadas para fins comerciais.

Kevin Systrom, co-fundador da empresa, veio dois dias depois do anuncio desmentir a iniciativa, segundo ele muitos utilizadores ficaram chateados e confusos após ouvirem as alterações da politica de privacidade e termos de utilização  do Instagram, explicou em nota que a empresa foi criada como um modelo de negocio e como tal a publicidade é uma das vertentes para garantir a sua autosuficiencia. Disse ainda que “Muitos interpretaram que nós iríamos vender as fotografias dos utilizadores sem qualquer compensação. Isto não é verdade e a culpa foi nossa pelo mal entendido”. Acrescentou ainda que o Instagram não detém os direitos sobre as fotografias pelo que não as poderá usar para fins publicitários.

As principais alterações na politica de privacidade referem-se à questão sobre como o Instagram partilha informações dos utilizadores com outras empresas ou parceiros (neste caso o Facebook), o texto afirma que o Instagram pode partilhar informações tais como: cookies, arquivos do historico, dados de localização e de uso do aplicativo, identificadores de aparelhos.

As alterações nos termos de utilização e na politica de privacidade entram em vigor a partir de 16 de Janeiro, pelo que a partir dessa data os utilizadores têm que concordar com os novos termos e politica do serviço.

Apesar dos pedidos de desculpa e das explicações dadas pelos responsáveis, os utilizadores não ficaram convencidos, até porque as explicações não foram totalmente claras, por isso mesmo o Instagram não se livra da revolta de muitos utilizadores que retiraram as suas imagens da rede ou apagaram as suas contas.

 

email
Share.

Leave A Reply