Entrevista com a Fotografa Sylvia Vigarani

0

Sylvia Vigarani é uma fotografa brasileira de moda, vive e trabalha em São Paulo. Iniciou a sua carreira no mundo da fotografia em 2009, sobretudo pela paixão pelo mundo da moda e criação. Acha que para se ser um bom fotografo é preciso humildade mas fundamentalmente muito esforço e muito estudo pois para fotografar não basta ter uma boa camera. Para quem pena seguir a profissão resume o seu conselho em duas palavras: dedicação e esforço. O FOTOGRAFIA TOTAL falou com Sylvia Vigarani e mostra-lhe também alguns dos seus trabalhos:

syl01

Onde nasceu e onde vive e trabalha actualmente?
Nasci no bairro Vila Mariana em São Paulo, atualmente trabalho em um estúdio fotográfico localizado na mesma cidade.
Quando teve o primeiro contacto com a fotografia?
Meu primeiro contato com o mundo fotográfico foi na faculdade no meu trabalho de conclusão de curso (Moda & Criação), onde tive que realizar uma coleção e realizar um editorial de moda com um fotógrafo que admiro muito. A partir daí fui pesquisando a área e me apaixonando cada vez mais, uma vez que vestuário não era muito a minha “praia” e queria trabalhar com moda, então a fotografia me abriu esta porta.
Desde quando e onde começou a sua carreira na fotografia?
Minha carreira como fotógrafa profissional (acredito que ainda estou bem no começo de tudo), começou em meados de 2009, quando finalmente consegui comprar minha primeira camera, uma canon XSi. Fui iniciando e aos poucos consegui alguns contatos através de amigos que me indicaram a algumas empresas de moda. Mas ainda nesta época, trabalhava em uma empresa como designer de acessórios de moda e fui trazendo a fotografia para meu mundo. Com o passar dos anos fui montando meu portfolio, aprendendo muito (muito mesmo) com meus erros, estudando, acrescentando cada vez mais conhecimento e assim ganhei mais visibilidade e clientes.
Em que momento e porque decidiu tornar-se fotografa profissional?
O momento marcante na minha vida em que decidi realmente que era esse o futuro que queria traçar foi justamente quando fiz o trabalho para a faculdade como mencionado anteriormente. A partir daquele momento o leque de possibilidades se abriu e eu comecei a conhecer e estudar o mundo da fotografia. Decidi trabalhar na área porque para mim a fotografia engloba uma série de coisas que eu gosto muito, dentre elas a arte e a moda.

IMG_3953
Em que área da fotografia se sente mais à vontade ou gosta mais de trabalhar?
Minha paixão é a fotografia de moda. Gosto de muito exagero e muita simplicidade, do preto e branco, de contrastes, gosto de criar, de editar imagens, gosto de volumes, cores, primeiro e segundo plano, caras e bocas. Claro que tudo isso é possível em outros temas fotográficos, porém acho que esta área me deixa mais a vontade para explorar de certa forma a arte sem medo de ultrapassar os limites, sem medo de extravagâncias.
O que considera mais importante para se ser um bom fotografo?
Acho que em primeiro lugar vem a humildade. A humildade é capaz de te levar a muitos lugares e principalmente a aprender mais. Observar tudo ao seu redor, ouvir, ler, pesquisar, questionar, duvidar e se abrir ao mundo de possibilidades, pode te abrir diversas portas. Estudar muito, ter foco e dedicação. Aprender com os erros e jamais desistir.Ter conhecimento, técnica, “feeling” e contactos.
Onde vai buscar a inspiração necessária para criar o seu trabalho?
Fiquei sem saber o que responder de imediato, mas acho que não busco somente em um lugar. Na verdade minha mente está sempre em constante criação, penso mil coisas ao mesmo tempo e isso me possibilita conhecer muitas coisas em diversas áreas, então tudo para mim vira inspiração, gosto de ver arte em tudo, isso acaba sendo um exercício e por fim é onde encontro minhas inspirações. Fora isso, música me inspira muito e dependendo do tipo de som minha inspiração muda e minha mente cria… a partir daí busco concretizar tudo isso, estudando e pesquisando muitas imagens, sejam elas de livros, revistas ou internet.
Qual o seu género de fotografia preferido?
A fotografia de Moda e Ensaios.

01
Que tipo de preparação você faz antes de fotografar?
Antes de fazer uma sessão fotográfica seja ela para Moda ou ensaios comuns, tenho sempre uma conversa muito informal com o cliente para captar o que ele realmente deseja. A partir daí, faço algumas pesquisas com referência de imagens, faço algumas anotações importantes e procuro sempre pensar na melhor iluminação que encaixe com o perfil do cliente.
Como é a sua equipa de colaboradores habituais?
Dependendo do trabalho que faço, algumas vezes trabalho com pessoas da própria empresa, mas na maioria das vezes, trabalho com pessoas que tenho confiança. Estão sempre dispostos a acompanhar todo o processo fotográfico. Falamos a mesma língua, cada um sabe o que faz com muito profissionalismo, criatividade e bom senso e já que tive a oportunidade desta entrevista quero agradecer as parcerias: Camila Solai e Bárbara Bispo (Makeup e produção de Moda).
Que equipamentos fotográficos usa com mais regularidade?
Trabalho atualmente com duas cameras e dois tipos de lentes, entre elas a 50mm.
Quais os softwares que mais usa na edição do seu trabalho fotográfico?
Uso Adobe Lightroom e Photoshop.

12
Alguma vez esteve numa situação embaraçosa enquanto fotógrafo?
Bom, não sou exactamente uma pessoa muito atenciosa… Vivo tropeçando por aí e isso já é um fato que me acompanha há muito tempo. Mas sempre tem aquele dia inspirado… e foi num dia desses em que fotografei uma senhora no estúdio onde trabalho actualmente, que tropecei no fio do ventilador, logo depois pisei nas roupas dela e bati a cabeça no flash principal do estúdio, claro que isso não aconteceu de uma vez só, mas aconteceu ao longo do ensaio fotográfico… Geralmente quando vou fotografar, esqueço de tirar a tampa da lente ou quando lembro (e fico muito feliz por isso), esqueço de ligar a camera… Mas isso talvez seja uma característica que levarei para sempre. Apesar de tudo,aprendi a rir de mim mesma e no fim das contas acabo descontraindo o ambiente, sem querer, mas funciona!
Que projectos tem para o futuro da sua carreira?
Gosto muito de escrever e de repassar tudo que aprendo para as pessoas que me procuram, além de fotografar. Para projectos futuros gostaria de trabalhar com fotografia de Moda para revistas/catálogos e dar palestras ou workshops, mas para isso sei que ainda preciso aprender muito e me preparar bastante. Mas acredito que o tempo e a vontade de fazer acontecer sempre nos ajudam alcançar os objectivos.
Quais são os fotógrafos actuais ou antigos que você mais admira?
Tenho alguns amigos fotógrafos que admiro bastante. Mas admiro a clássica e incrível Annie Leibovitz, Elena Kalis, Vladi Fernandes.
Quais os 5 websites de fotografia que mais frequenta ou recomenda?
O site Obvious é um site que engloba vários assuntos dentre eles a fotografia, é um site de pesquisas e curiosidades bem interessantes. Outro site neste mesmo estilo é o Hypeness. Vejo também, Atellie Fotografia, Fotografia DG, onde escrevo alguns artigos e um site que eu sempre vejo, Weheart it, que é destinado somente para imagens que as vezes me distrai por horas.

08
Costuma também fotografar através de smartphone,(iphone ou android)? Se sim quais as aplicações que mais usa?
Não, não por falta de vontade, mas porque meu celular não dá para essas coisas e tal…
Habitualmente participa em exposições ou concursos/prémios?se sim quais já participou?
Não.
Como vê a fotografia actualmente e no futuro?
A fotografia de há uns anos para cá tomou um rumo muito rápido devido às cameras digitais, como todos sabem. Actualmente há muitos fotógrafos tentando entrar no mercado, mas percebo que muitas pessoas simplesmente se “tornam fotógrafos” pela maré de facilidades e tecnologia. Acredito que futuramente os dois grandes divisores de águas se juntem. Apesar da modernidade, não podemos deixar de lado a história da fotografia, da essência dela e acho que futuramente a tendência será essa fusão de informações, do antigo e do novo.
Que conselhos daria a quem pensa seguir a profissão de fotografo?
Primeiramente, ter certeza que quer seguir esta profissão. Ao contrário do que muita gente pensa, fotografar não é somente comprar uma camera de última geração e pronto. Segundo passo é estudar muito e quando digo estudar não é necessariamente gastar rios de dinheiro para se profissionalizar. É claro que investir em faculdades, cursos, etc. é muito bom e fundamental, mas não é somente por aí que se “estuda”. O estudar vai muito além, vai do seu interesse em aprender. Hoje em dia possibilidades não faltam, livros, internet, tutoriais, conversas informais com profissionais da área, testar muito todas as possibilidades, saber ouvir, frequentar exposições, conhecer sobre arte, volumes, cores, tudo que você puder absorver para seu conhecimento é de grande valia para sua profissão e vida pessoal. Então, meu conselho é, resumindo em duas palavras: dedicação e esforço.

03

syl02

Pode ver mais trabalhos da fotografa Sylvie Vigarani nos seguintes websites:
www.vigarani.wix.com/photography
www.facebook.com/sylvigarani.photography
www.sylvigarani.blogspot.com

email
Share.

Leave A Reply